Craisa lista dicas e opções para economizar no consumo de alimentos

Produtos de feira / Foto: Alex Cavanha_PSA

Optar por frutas, legumes e verduras em que a safra está favorável é uma das possibilidades

Em época de alta nos preços dos alimentos, o consumidor deve ficar ainda mais atento a detalhes que podem gerar economia. Diante disso, a Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) traz algumas orientações para diversificar na hora das compras e adquirir produtos com preços mais atrativos.

De acordo com os dados do IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15), divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os alimentos que mais subiram no acumulado em 12 meses estão o mamão (85,37%), batata inglesa (70,92%), cenoura (68,85%), morango (65,56%), melão (65,14%) e cebola (62,93%), além do café moído (60,29%) e o leite longa vida (51,69%).

Diante deste cenário, no caso de frutas, legumes e verduras, a Craisa traz como ponto de atenção a sazonalidade, que é o período do ano em que a safra de determinados alimentos é favorecida. "Nesta época encontramos uma ótima oferta de frutas cítricas, como a tangerina ponkan, com boa qualidade e preços mais baixos", destaca o engenheiro agrônomo da Craisa, Fábio Vezza de Benedeto.

No caso das hortaliças folhosas, tendem a apresentar maior qualidade e preços mais acessíveis no varejo durante o inverno, época em que o consumo de saladas diminui e seu cultivo é favorecido com as temperaturas mais baixas e ausência de chuvas pesadas. Mas ainda assim, também subiram no acumulado em 12 meses do IPCA-15: alface (46,09%), couve (32,48%) e repolho (30,56%).

Comercializados no atacado na Ceasa Grande ABC/Craisa, o abacate, o abacaxi, a banana prata, entre outros itens, estão com preços atrativos nesta temporada. "Quando adquiridos por um grupo de pessoas também pode ser opção de compra em grande quantidade. Não é comum famílias comprarem na Ceasa, mas é uma boa dica de economia pensando na compra coletiva ou para estoque, como a compra do tomate para fazer molho e congelar", completou o engenheiro agrônomo da Craisa.  

Vale destacar também que algumas fontes de alimentos menos procuradas pelos consumidores podem ser mais uma alternativa econômica, como alguns cortes de carne suína. O pernil suíno, por exemplo, pode ser encontrado por cerca de metade do preço por quilo de um corte de carne bovina, além de ser muito saboroso e saudável.

Outra dica é evitar ir às compras nos dias posteriores ao pagamento dos salários para grande parte da população, que costuma ocorrer no quinto dia útil. Isso porque na segunda quinzena do mês observa-se maior frequência de promoções nos mercados.

 

Além dos produtos comercializados na Ceasa Grande ABC/Craisa, é possível encontrar os itens nas feiras livres da cidade. Para saber os locais e dias da semana, basta acessar o link https://www.craisa.com.br/feiras-livres 

***

Image