Festival de Kitesurf define campeões nas classes bidirecional e freestyle

Manobra do campeão (Foto: Fred Hoffmann/CBVela)

Terminou no domingo (28/08) mais um festival de kitesurf na Praia Pontinha do Outeiro em Araruama, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Com muitas manobras, regatas de alto nível e presença em peso da torcida local nos três dias do evento, foram definidos os campeões do Campeonato Brasileiro da Classe Kitesurf Bidirecional Race e o Estadual da Classe Kitesurf Freestyle.

Gleison Magalhães foi absoluto na disputa masculina, com os títulos no Bidirecional e no Freestyle. Já no feminino, Myrella Pinheiro foi a grande vencedora no Bidirecional. O evento, realizado pela Prefeitura de Araruama em parceria com a Confederação Brasileira de Vela (CBVela), teve R$ 7 mil em premiações.

"Me dediquei bastante para chegar até aqui e fazer bonito. Sou atleta de Kitesurf há seis anos, conquistei com muito suor esses troféus, a galera aqui é alto nível, tem que estar sempre preparado! Fico feliz em ver esse campeonato se firmando aqui em Araruama, é um incentivo para a nova geração, o esporte às vezes é tudo na vida de uma pessoa. Ano que vem estarei aqui para defender esse título", declarou o campeão Gleison Magalhães .

No Kitesurf Bidirecional, a disputa contou com regatas tradicionais, entre boias, com largada e chegada para 40 atletas no masculino e 20 no feminino. Já o Freestyle foi realizado em baterias, onde os 20 atletas inscritos foram julgados pela complexidade, distância e altura de suas manobras.

"O evento é um sucesso, realizamos o internacional em fevereiro e o nacional não deixou nada a desejar. Estamos com a cidade cheia de turistas, nossos restaurantes estão lotados, movimentou bastante a cidade. Isso faz com que Araruama se desenvolva a cada dia e a cada evento", celebra Danieli Braz, Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer de Araruama.

"A prefeitura de Araruama tem sido uma grande parceira da vela brasileira, incentivando o desenvolvimento da economia local e principalmente da prática esportiva. As condições aqui estavam perfeitas, eu nunca vi a água tão limpa na lagoa, tivemos um excelente dia de treinamento na quinta-feira, logo depois seguido das competições que iniciaram na sexta-feira. A interação com a comunidade está muito agradável, estão adorando o festival gastronômico, além dos shows, a população se conectou com a vela", afirma Jônatas Gonçalves, gerente da CBVela.

Diante do sucesso de mais um evento na cidade, a prefeitura já confirmou as edições de 2023 da Copa Internacional de Kitesurf, entre os dias 3 e 6 de fevereiro, e o Festival de Kitesurf novamente em agosto, de 26 a 28. A ideia da Prefeitura e da CBVela é tornar as datas fixas dentro do calendário da modalidade, tornando Araruama uma referência no kite.

"Foi excelente, tivemos os dois primeiros dias sensacionais com vento de 15 á 18 nós. A categoria feminina surpreendeu todo mundo esse ano, as meninas mostraram muita perseverança e dedicação, completaram todas as regatas. Já no masculino tivemos um nível altíssimo, uma disputa impressionante. Uma das coisas que mais chamou a atenção dessa etapa foi a participação do público aqui de Araruama, achei fantástico, os atletas sentiram isso também, saem satisfeitos daqui. Para as próximas edições em 2023, vamos fazer uma divulgação ainda maior, vão ter algumas surpresinhas, percursos novos, acho que vai chamar bastante atenção dos competidores", afirma Walter Böddener, Gerente Nacional de Eventos da CBVela.

Image