Samuel Lino tem o talento brasileiro necessário para impressionar tanto Valencia CF quanto Atlético de Madrid

Samuel Lino (credit - Valencia CF)

Aos 22 anos, o ala brasileiro Samuel Lino está pronto para dar o próximo passo em sua carreira profissional. 

Depois de se mudar para a Europa em 2019 para se juntar ao português Gil Vicente, ele agora está dando o salto para a LaLiga Santander depois de assinar contrato até 2027 com o Atlético de Madrid e depois se juntar ao Valencia CF por empréstimo para a temporada 2022/23.

O time da capital o teria mantido se pudesse, já que Lino impressionou Diego Simeone e sua equipe técnica durante os treinos de pré-temporada realizados desde que sua transferência do Gil Vicente foi concluída na primeira semana de julho. No entanto, o Atleti não tinha espaço suficiente em seu elenco para outro jogador fora da União Europeia e procurou um time local onde pudesse passar a campanha 2022/23 continuando seu desenvolvimento.

Esse time foi o Valencia CF, com Gennaro Gattuso interessado em trazer um jogador da qualidade e características de Lino. O treinador italiano parece pronto para usar um sistema 4-3-3 em Mestalla nesta campanha e o brasileiro se encaixa perfeitamente. Ele tem o pé direito forte e pode causar um impacto na ala direita, mas ele é ainda melhor como um ala invertido saindo da esquerda para driblar seu caminho através dos defensores. Ele até jogou como centroavante em algumas ocasiões, dada a sua habilidade em colocar a bola no fundo da rede.

Ao longo de sua trajetória no Gil Vicente, marcou 26 gols em 99 partidas. Naturalmente, sua temporada mais recente foi sua melhor até agora, pois marcou 12 gols e deu cinco assistências na primeira divisão de Portugal. Isso significa que o ala estava diretamente envolvido em mais de um terço dos 47 gols do seu time no último semestre.

A evolução de Lino tem sido impressionante. Nasceu em Santo André e cresceu em São Bernardo, dois municípios do estado de São Paulo, e começou a jogar futsal. Isso o viu desenvolver um conjunto único de habilidades, o que acabou lhe valendo um lugar na base do São Bernardo FC quando ele fez a mudança para jogar futebol de campo.

Em 2017, aos 17 anos, fez sua estreia pelo time principal do São Bernardo FC e conseguiu uma transferência para o Flamengo no final daquele ano. Mesmo que ele não ficasse muito tempo no Rio de Janeiro, essa experiência moldou Lino. Ele admitiu que estar tão longe de casa o fez lutar psicologicamente, mas que isso acabou por o deixar mais forte.

Foi assim que ele conseguiu fazer a mudança até a Europa em 2019, quando surgiu a chance de se juntar ao Gil Vicente. O clube estava jogando na terceira divisão portuguesa na época, e Lino estava um pouco hesitante quando procurou o nome do clube no Google e eles nem sequer apareceram, mas uma vitória legal fez com que eles voltassem à primeira divisão para a temporada 2019/20. A partir daí, Lino prosperou, apoiado por seus companheiros de equipe em um elenco formado por muitos brasileiros.

Em pouco tempo, ele se destacou como um dos jogadores mais talentosos do elenco e de toda a liga, despertando o interesse de vários dos principais clubes europeus. O Atlético de Madrid venceu a corrida por seu contrato e Lino ficou emocionado ao se juntar a Los Rojiblancos, afirmando: "Acompanho muito o futebol espanhol e, quando o interesse do Atlético de Madrid apareceu, comecei a assistir ainda mais jogos e vídeos da equipe. Tenho metas ambiciosas e, como todo jogador brasileiro, quero jogar pela seleção nacional. Eu quero jogar na Liga dos Campeões também e ganhá-la. Quero jogar com o melhor e conseguir muitas coisas."

Essa ambição é motivo de otimismo para os torcedores do Atlético de Madrid e para os torcedores do Valencia CF que poderão desfrutar deste talentoso ala ao longo do próximo ano.

Image